NSA e GCHQ infiltram-se nos laboratórios da Kaspersky

02 Jul NSA e GCHQ infiltram-se nos laboratórios da Kaspersky

As agências de segurança dos EUA e de Inglaterra (NSA e GCHQ) em 2008 começaram a atacar as empresas de antivírus, de maneira a conseguirem quebrar os protocolos de segurança dessas mesmas empresas.

A Kaspersky Labs é um dos principais fornecedores de soluções de segurança, tem mais de 270.000 clientes empresariais.

Segundo os últimos documentos divulgados por Edward Snowden, a NSA e a GCHQ conseguiram executar procedimentos de engenharia inversa em diversos softwares antivírus,criando dúvidas na legalidade destas operações, contudo várias empresas foram atacadas mas a empresa mais vezes falada é a Kaspersky Labs na Rússia.
A técnica de engenharia reversa de software, ou SER, foi usada para frustar o software antivírus da Kaspersky.

Snowden diz que a relação entre as agências de segurança e as empresas que produzem os antivírus é como a relação do gato e do rato.

Deixamos transcrito o mandato top secret emitido pela GCGQ: “Produtos de segurança pessoal tais como os antivírus da empresa russa Kaspersky continuam a desafiar as capacidades da GCHQ. O SRE é essencial para explorar as fragilidades desse software e prevenir a deteção das nossas actividades”.


Sem Comentários

Publique um comentário